builderall


Os deputados que integram a bancada do PSB na Cmara dos Deputados decidiram, em reunio realizada na tarde de tera-feira (14), fechar questo para votar contra a Proposta de Emenda Constitucional da Reforma Administrativa, a PEC 32/2020. A posio foi tomada porque a proposta apresentada aprofunda o desmonte do Estado brasileiro ao permitir a privatizao do servio pblico brasileiro e a contratao de servidores sem a realizao de concurso pblico.


Entre as questes mais crticas includas na PEC 32 e refutadas pelos socialistas est a possibilidade de o Estado firmar contratos de cooperao com entidades privadas para a execuo de servios pblicos, inclusive com a utilizao compartilhada de estruturas fsicas e o emprego de recursos humanos privados. Na prtica, esta iniciativa no apenas precariza o servio pblico, mas pe fim aos avanos includos na Constituio no que diz respeito s exigncias e critrios para adentrar s carreiras vinculadas ao Estado como aquelas vinculadas s reas de sade, educao e segurana pblica. "No contem conosco para pisar em servidor pblico", reitera o deputado Heitor Schuch.


A deliberao, que ratifica a deciso tomada pelo Diretrio Nacional do Partido no mesmo sentido, obriga todos os 31 parlamentares que compem a legenda na Casa a adotar a mesma posio.